feliz pascoa na gaspoint

inc_menu

Ver nosso registro no site do INMETRO

Veja aqui nosso registro no INMETRO

.:: Fotos dos veículos convertidos

O abastecimento é feito por esta válvula que fica no cofre do motor, porém é possível instalar uma válvula externa na maioria dos veículos.
O kit não exigem intervenção do motorista, mas a chave comutadora no painel permite a escolha do combustível a qualquer momento além de medir quanto gás resta no cilindro.

Com um pequeno trabalho de tapeçaria, os cilindros ficam ocultos permitindo uso normal do portamalas do Citroen AirCross.
A tecnologia GNV de última geração enterra definitivamente todos os velhos problemas com kit gás. Os novos kits são uma reprodução idêntica do sistema de injeção, com bicos injetores independentes gerenciados por uma ECU totalmente digital.

Dois cilindros de 7,5m³ deitados armazenam combustível para quase 200km e ainda mantém um bom espaço para carga.
O kit de última geração instalado no Citroen AirCross. Um equipamento fantástico que mantém as características originais do veículo com uma economia de 80%.

A instalação Gaspoint é garantia de qualidade.
Visto a partir da parte da frente, a pequena elevação do último banco da Topic.

O cilindro de 25m³ na Topic, com o uso do suporte especialmente desenhado, garante-se o uso dos bancos traseiros que ficam ligeiramente elevados em relação ao original.
A válvula de abastecimento externa na Topic.

O kit de última geração instalado na Topic 2011.
Qualidade Gaspoint na conversão GNV de alto padrão com equipamento de última geração.

Sem trancos, problemas para dar partida, perda de potência irrisória, este tipo de equipamento enterra definitivamente um passado sombrio do GNV no Brasil, quando havia estouros, e mais um montão de problemas nos tempos antigos dos kits aspirados.
Instalamos dois cilindros de 7,5m³ sobrepostos no portamalas do CRV, ocupando apenas um pequeno espaço e deixando o restante para carga.

Trabalhando-se com equipamentos de última geração, do tipo injeção multiponto mapeada, com bicos injetores independentes, trazemos esta realidade a praticamente qualquer veículo.
Motores de alta tecnologia como o E-Torq 1.8 do Linea ficam excelentes com o kit de 5ª geração Zavoli.

Isto foi possível graças a um suporte específico para o Linea, que não atrapalha a retirada do estepe.
O espaço no portamalas foi preservado, com o posicionamento do cilindro no fundo.

A chave comutadora do kit de última geração ficou no console central do Linea E-Torq
O Linea 1.8 com motor E-Torq e o kit de última geração instalado.

Uma configuração de 3 cilindros de 7,5m³ instalados no portamalas da Hilux.
A chave comutadora do Zavoli instalada o painel da Hilux

O motor 3.0 da Hilux equipado com o kit de última geração Zavoli.
Com os banquinhos montados, é possível ainda colocar dois cilindros de 7,5m³ empilhados no portamalas da Kia Carens

O módulo blindado do sistema multiponto é um processador que leva o kit GNV anos luz adiante de qualquer kit aspirado, não há como comparar. Ford Fusion.
New Civic + kit GNV última geração - injeção multiponto de gás natural, quer coisa mais atual?

O motor do Taurus. Onde está Wally? O redutor de pressão ficou completamente invisível.
O ford Taurus com o cilindro de 17m³. O motor V6 apresentou excelente rendimento e economia.

Módulo gerenciador do kit Zavoli na Ranger V6
Instalamos o kit de 3ª geração na Pajero Sport V6.

Veja o detalhe do suporte do cilindro desenvolvido para a Pajero Sport de modo a evitar furações nas laterais dos paralamas e aproveitar o máximo do portamalas.
O suporte do cilindro é um detalhe a parte na conversão da Pajero Sport.

O pequeno redutor Genius do Sequent instalado na Hilux
O variador de avanço dá o toque final na instalação Sequent na Hilux

O módulo do Sequent na parte dianteira direita do motor da Hilux
Válvula de abastecimento externa no bocal do tanque da Hilux

O motor VVTI 2.7 ficou perfeito com o kit de última geração Sequent Plug&Drive
Chave comutadora no painel da Hilux.

Cilindro de 17m³ na Toyota Hilux.
Instalamos um kit Sequent Plug&Drive em um carro trazido de Macaé, no estado do Rio de Janeiro e os resultados foram excelentes. As novas Toyota Hilux vem equipadas com o motor 4 cilindros de 2.7cc e comando de válvulas variável

conveniente válvula de abastecimento externa na entrada do tanque, permitindo maior comodidade para o proprietário, nenhum risco de danificar o capô no abre-fecha do abastecimento e ainda você não paga mico no posto.
Repare que esta versão do 407 se trata de um carro automático com câmbio tiptronic.

A chave comutadora ficou delicadamente instalada dentro do compartimento no painel, podendo ficar completamente oculta se o dono desejar.
Os 4 bicos injetores de GNV, gerenciados por um módulo de altíssima tecnologia produzem um comportamento muito similar ao do combustível líquido, e muitas vezes, com uma curva de aceleração mais estával devido as características do gás natural veicular.

O 407 recebeu um par de cilindros pequenos, de 7,5m³ cada um que foram instalados sobrepostos no fundo do portamalas. É uma excelente forma de otimizar o espaco. Repare que o acesso ao estepe e demais materiais continua inalterado.
A chave comutadora instalada no painel do Gol G5

O equipamento de última geração Sequent PlugDrive instalado no Gol G5. Perda de potência imperceptível, e o melhor comportamento com GNV que você pode imaginar.
O cilindro de 25m³ extra leve da Cilbrás ficou junto ao assoalho da caçamba da Triton, ainda deixando muito espaço livre.

O redutor de pressão do kit de 5ª geração Sequent Plug Drive é bem menor que o que equipam os antigos kits aspirados.
O Sequent é o equipamento de última geração com módulo estanque de altíssima performance. Aqui seu posicionamento junto a bateria da L200 Triton.

A L200 Triton recebeu válvula de abastecimento externa, acoplada ao bocal do tanque de combustível. Mais comodidade e estilo.
A chave comutadora ficou instalada no painel da Triton, acabamento original.

A L200 Triton recebeu o kit GNV de última geração com 6 bicos injetores. É o máximo de tecnologia com o melhor rendimento em todas as situações.
O Livina pode receber dois cilindros de 7,5m³ a serem instalados por baixo do portamalas. Entretanto a operação requer alteração na lataria do veículo. O preço já inclui esta modificação.

A chave comutadora do kit de última geração pode ser instalada no painel do Nissan Livina
Equipamento de última geração instalado no motor 6 cilindros do Volvo.

A chave comutadora instalada no painel.
O motor VVTI do Toyota Fielder equipado com o Sequent. O kit de 5ª geração é uma opção segura para o motor VVTI.

Dois cilindros de 7,m³ sobrepostos no portamalas do Kadett. Uma ótima escolha.
A chave comutadora do Sequent é redondinha e ficou perfeita entre os bancos da 207 Escapade, veja só que bacana.

Aí o motor da 207 Escapade, com o kit de última geração instalado.
O motor 4 cilindros do Hyundai Tucson com o kit de última geração injeção multiponto. Muita estabilidade de funcionamento, perda de potência irrisória e muita economia.

Chave comutadora no painel do Tucson.
Aí está o redutor BRC do kit Just G3 no motor do Fox.

Cross Fox com 2 cilindros de 7,5m³. Apesar do porta malas pequeno, sobrou espaço, pois o cilindro tem apenas 24 cm de diâmetro.
A instalação GasPoint procura utilizar as furações originais evitando ao máximo fazer novos furos no carro. Aqui o suporte da válvula de abastecimento estrategicamente posicionada.

Equipamento aspirado no Tempra monoponto. Repare o sistema de aquecimento do redutor que utiliza água do arrefecimento do próprio veículo.
Tempra com cilindro de 15,5m³.

O cilindro de 15,5m³ no portamalas do Tempra. Um bom aproveitamento de espaço.
O cilindro de 15,5m³ no portamalas do Tempra

No lado esquerdo do motor ficou o módulo do sistema de injeção multiponto de GNV e o gracioso redutor de pressão Zenith do Sequent.
A chave comutadora do Sequent ficou instalada ao lado esquerdo na parte inferior do painel da BMW.

Instalamos a válvula de abastecimento externa na BMW 528 para facilitar o abastecimento sem necessidade de abrir o capô.
O equipamento instalado no motor de 6 cilindros em linha da BMW 528 é o Sequent da BRC. Uma instalação limpa e primorosamente bem feita.

Outro ângulo que mostra o cilindro dentro do portamalas da BMW 528.
A BMW 528 com o cilindro de 17m³ cuidadosamente instalado no portamalas. Sobra espaço.

A incrível curva de potência do Sequent detectada no dinamômetro.
A afinação do Sequent é feita totalmente pelo computador. É possível configurar vários parâmetros como curva de avanço, tempo de injeção, dirigibilidade, estratégias flex e vários outros

A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Marea Weekend ficou perfeita.
Uma possibilidade bem interessante de posicionamento do cilindro no Vitara.

Esse tipo de equipamento de injeção multiponto de GNV é uma solução perfeitamente viável para o motor turbo da Volvo XC70.
Na XC70, que tem motor turbo de 5 cilindros, instalamos o Sequent, o kit de última geração.

Veja como ficou o Captiva já com o novo tampão, ocultando os cilindros completamente. Agora, só prestando muita atenção você consegue perceber que a Captiva é GNV.
Parafusos 8.8 bicromatizados, tudo do bom e do melhor para seu carro ficar como se tivesse sido convertido pela fábrica.

Conversão completa, com todos equipamentos homologados.
Somente suportes homologados pelo INMETRO e exclusivos para cada veículo. Conversão de primeira linha do início ao fim.

Protegido com a capa para evitar riscos na lataria.
O discretíssimo redutor Zenith do Sequent fica no canto esquerdo do cofre do novo Focus.

Olhando mais de perto, veja a válvula externa junto ao bocal do tanque do Focus novo. Cuidado nos mínimos detalhes.
Instalamos a válvula de abastecimento externa no Focus novo.

A chave comutadora parece original de fábrica, repare a perfeição.
Olhando um pouco mais, sem a tampa do motor, vemos os quatro bicos injetores de GNV do Sequent. Uma instalação digna de um Ford.

Olhando para o motor do Focus, o kit Sequent fica assim, invisível.
O motor V6 do Captiva ficou excelente com o kit de última geração Sequent. O consumo fica próximo de 10km/m³ na estrada.

A chave comutadora e e medidor de combustível ficou instalada no painel.
No Captiva, utiliza-se o equipamento de última geração Sequent.

Há duas combinações de cilindros para o Captiva, na foto temos três cilindros de 7,5m³ totalizando 22m³. Eles são instalados no porta-malas.
O kit de última geração Sequent é a melhor escolha para o C4 Picasso.

A versão 4x4 do Ecosport 2.0 usa o kit de última geração e os cilindros dentro do porta-malas.
Dois cilindros de 7,5m³ deitados no chão do porta-malas são uma opção interessante, e inevitável para a versão 4x4.

A última geração de equipamentos GNV produz excelentes resultados comparáveis ao motor a combustível líquido.
Na Fiat Strada, o cilindro de 25m³ não ocupa muito espaço na caçamba. Perceba que para a cabine extendida só cabe o cilindro de 25m³ 100 litros. O de 24,75 99 litros já cabe na cabine simples.

A válvula de abastecimento externa evita o abre-fecha do capô na hora de abastecer. É um opcional que pode ser acrescido ao kit e é bastante conveniente.
A instalação do kit de última geração no motor 1.8 da Zafira. Para um carro pesado, o ideal é não perder potência e isto é possível com este tipo de equipamento.

A chave comutadora da linha Sequent é extremamente discreta e pode ser instalada no painel. Além de chave comutadora ela também é o medidor de combustível GNV nos cilindros.
Quando colocamos os cilindros embaixo, pode-se instalar um suporte para o estepe para evitar que ele fique solto. Isto impede o uso de um dos banquinhos, mas pode ser retirado facilmente.

O motor 2.0 16V funciona com kit de terceira geração, mas recomendamos o kit de quinta geração, veja mais neste link
Zafira opção b) 2 cilindros de 7,5m³ sobrepostos, atrás dos banquinhos (que não podem ser rebatidos).

Zafira opção a)2 cilindros pequenos (7,5m³ cada) instalados por baixo, estepe vai para o porta-malas.
Três cilindros de 7,5m³ (e não de 7) cuidadosamente montados sob o chassi da Montana. São 22m³ preservando o espaço da caçamba.

A chave comutadora finamente instalada no painel do C4 Pallas.
O cilindro de 15m³ fica no fundo do enorme porta-malas do C4. Sobra espaço.

O C4 Pallas durante a instalação. Muito cuidado e carinho pelo seu carro.
A chave comutadora do Just G3 fica embaixo do painel.

A instalação dos dois cilindros de 7,5m³ por baixo da picape Corsa fica muito boa.
O motor GM 1.4 ficou perfeito com o kit Just G3 da BRC White Martins

A válvula de abastecimento externa é um opcional que proporciona conforto além de evitar o desagradável abre e fecha da tampa do capô a cada abastecimento.
O C4 Pallas com o kit de última geração instalado. Muita estabilidade, conservando as características originais do veículo e a economia do gás natural.

No Focus 2.0 16V Duratec, o módulo Fly Motorola de 32 bits no motor do Focus. É o sistema de 5ª geração em ação. Saiba mais.
A válvula de abastecimento externo é um toque de sofisticação e conforto. Para abastecimento, não é preciso abrir a tampa do capô do Fusion.

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Gol. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.
O redutor de pressão no Gol 1.0 16V. É o Just G3 da BRC

O porta malas do Gol não foi sacrificado com dois cilindros de 7,5m³ e ainda anda 260km com 15 reais.
O Gol quadrado com um cilindro de 16m³

O Gol bolinha com um cilindro de 16m³
Cilindros maiores que 10m³ não permitem a retirada do estepe pelo lado de fora do veículo pois o cilindro fica mais próximo à parte traseira. A retirada do estepe é feita pelo lado de dentro.

O porta malas do Gol não foi sacrificado com dois cilindros de 7,5m³ e ainda anda 260km com 15 reais.
Aí está o redutor BRC do kit Just G3 no motor do Fox.

Veja como ficou o espaço no porta malas do Cross Fox com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³. Este veículo foi equipado com o kit Just G3 que é o top de linha da BRC White Martins
Cross Fox com 2 cilindros de 7,5m³. Apesar do porta malas pequeno, sobrou espaço, pois o cilindro tem apenas 24 cm de diâmetro.

São dois cilindros de 9,5m³ e ainda sobra muito espaço do Space Fox.
Olhando pelo lado de dentro, com o banco abaixado, vemos os dois cilindros de 9,5m³ no Space Fox.

Strada - dois cilindros de 6,5m³ por baixo.
o Kia Clarus com o kit de última geração instalado no motor.

O kit injeção direta multiponto deixa o Wrangler igualzinho a gasolina.
Um cilindro de 9,5m³ e um de 7,5m³ é a melhor opção para o Wrangler.

São dois cilindros de 9,5m³ e ainda sobra muito espaço do Space Fox.
Olhando pelo lado de dentro, com o banco abaixado, vemos os dois cilindros de 9,5m³ no Space Fox.

Dois cilindros de 6,5m³ podem ser instalados por baixo da Fiat Strada. Liberdade total na caçamba e boa autonomia. Ela roda cerca de 150km.
Dois cilindros de 6,5m³ podem ser instalados por baixo da Fiat Strada. Liberdade total na caçamba e boa autonomia. Ela roda cerca de 150km.

A chave comutadora do Just G3 fica embaixo do painel.
A instalação dos dois cilindros de 7,5m³ por baixo da picape Corsa fica muito boa.

O cilindro de 17m³ instalado no porta-malas do Toyota Corolla VVTI SEG.
O Honda Civic fica perfeito com o equipamento de última geração Sequent Plug-Drive.

A chave comutadora do Sequent cuidadosamente instalada no painel do Honda Civic.
O Citroen Evasion possui fica muito bom com o kit de última geração Sequent.

O motor 4 cilindros do Xtrail fica muito bom com o kit de quinta geração.
A válvula de abastecimento externo (não incluso no kit) no Toyota Corolla. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.

Mais um Sequent instalado no Corolla VVTI. Este carro fica show com o melhor equipamento.
O processo de regulagem do Sequent Plug-Drive no Corolla VVTI 1.8 SEG.

O cilindro de 17m³ no porta-malas do Corolla SEG 1.8.
O sequent instalado no Toyota Corolla VVTI.

O cilindro de 15 m³ no porta-malas do Corola, já com o carpete dobrado.
A chave comutadora do Sequent, instalada no painel do Toyota Corolla.

O motor VVTI do Toyota Corolla equipado com o Sequent. O kit de 5ª geração é uma opção segura para o motor VVTI que pode apresentar tendência a variações na proporção de mistura devido a forma do coletor com kits de 3ª geração.
O porta malas do Corolla é grande e o acesso ao estepe não gera restrições a cilindros mais gordinhos; ainda sobra bastante espaço.

Para quem roda bastante, o kit Sequencial é uma ótima pedida. Perda de potência próxima de zero, mais economia e perfeito funcionamento em qualquer motor.
Nesta foto vemos um dos bicos injetores do Sequent exatamente ao lado do bico original de injeção de gasolina.

O Toyota Corolla com um cilindro de 21m³ Extra Leve da Cilbrás White Martins
Excelente autonomia com cilindro de 20,75m³

Mesmo com equipamento de 3ª geração, a Dakota apresenta um comportamento aceitável, desde que algumas regras sejam seguidas.
Para a Ranger cabine simples, o cilindro tradicional de 24,75m³ é a melhor opção, pois é bem mais barato que o extra-leve de 25m³ com quase literalmente a mesma capacidade.

A chave comutadora do Sequent PlugDrive fica perfeita no painel da Ranger.
Cuidado nos mínimos detalhes, colocamos coxins de borracha sob o suporte para reduzir vibrações.

A regulagem do Sequent é feita inteiramente com o auxílio do computador. Um técnico especialista que conhece todos os meandros da programação é o segredo da GásPoint.
A chave comutadora do Sequent PlugDrive é extremamente discreta e funcional. Veja como ela ficou instalada no painel do Ford Fusion.

O cilindro de 17m³ instalado no porta-malas do Ford Fusion. Ocupa pouco espaço, já que o porta-malas é enorme.
O motor 2.3 Duratec do Ford Fusion ficou muito com equipado com o kit de quinta geração Sequent. Alta tecnologia a altura deste carro gera resultados muito bons.

O porta malas do Gol não foi sacrificado com dois cilindros de 7,5m³ e ainda anda 260km com 15 reais.
A versão 4.1 do Omega também fica muito boa com o kit de quinta geração Sequent. É o mais avançado equipamento! As características originais de potência e dirigibilidade são mantidas praticamente na totalidade. É só dar partida em rodar.

Uma interessante configuração para o Omega. São quatro cilindros de 7,5m³. Consulte!
O motor 4.1 da Suprema 6 cilindros equipado com o kit de quinta geração Sequent. O carro mantém as características originais de potência e dirigibilidade. Sem dúvida é um equipamento impressionante.

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Uno. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro. Nada mal para um carro que faz quase 20km/m³
A ponte injetora do lado esquerdo do Ômega, são três injetores independentes, um para cada cilindro. O equipamento de 5ª geração Sequent produz os melhores resultados possíveis para o Ômega, especialmente esta versão de motor.

O motor V6 australiano do Omega não permite o uso de variador de avanço. Os melhores resultados são obtidos com o uso de kit injetado Sequent. Uma opção é também a instalação de um sistema de ignição capacitiva, entre em contato para saber mais detalhes.
Todos veículos GNV possuem a válvula de abastecimento original montada dentro do capô, porém também oferecemos como opcional, a válvula de abastecimento externa que é montada ao lado do bocal de abastecimento de combustível líquido.

O sistema é montado com total critério, misturando-se aos equipamentos originais do veículo. A qualidade GásPoint está presente nas conexões elétricas através de terminais automotivos especiais que garantem a estabilidade elétrica do equipamento
A chave comutadora também é um medidor de capacidade dos cilindros.

O módulo de gerenciamento do sistema de 5ª geração Sequent é um computador de 32bits, capaz de reproduzir fielmente o comportamento original do carro.
O equipamento de última geração (injeção direta multiponto) é o único sistema de GNV que funciona adequadamente no motor do 307. A menor perda de potência possível e alta estabilidade de funcionamento.

dois cilindros de 7,5m³ instalados no porta-malas do 307. Uma ótima solução para menor perda de espaço e boa autonomia.
O módulo de gerenciamento do Sequent é uma centralina de 32bits, capaz de se auto-ajustar enquanto roda. Estabilidade total, anos-luz a frente dos velhos kit-gás aspirados.

O Sequent é o equipamento de última geração. No Vectra produz resultados excepcionais, como uma perda de potência praticamente imperceptível.
O cilindro de 17m³ é uma ótima opção para o Vectra. Boa autonomia com bom preço.

O módulo de gerenciamento do Sequent é uma centralina de 32bits, capaz de se auto-ajustar enquanto roda. Estabilidade total, anos-luz a frente dos velhos kit-gás aspirados.
O Sequent é o equipamento de última geração. No Vectra produz resultados excepcionais, como uma perda de potência praticamente imperceptível.

O cilindro de 17m³ é uma ótima opção para o Vectra. Boa autonomia com bom preço.
O cilindro de 17m³ é uma opção de maior autonomia para o Astra.

No modelo sedan do Astra, também fica muito bom instalar dois cilindros de 7,5m³.
Aqui um Astra Hatch com dois cilindros de 7,5m³ sobrepostos no porta-malas. Uma ótima combinação para reduzida perda de espaço.

O Ecosport com motor duratec 2.0 16V 4x4 equipado com o kit de última geração Sequent ficou excelente. Nesta versão 4x4 não é possível instalar cilindros por baixo.
O cilindro de 25m³ na Dakota V6

A Dakota V6 equipada com o Sequent, excelente rendimento .
Esta F150 possui transmissão automática

Aqui o detalhe da válvula de abastecimento externo da Pajero Sport. Mais comodidade para você, preservando seu carro.
Instalamos o Just G3, que é um equipamento aspirado da BRC White Martins na Pajero Sport e conseguimos um bom rendimento no motor.

O cilindro de 25m³ instalado no porta-malas da Mitsubishi Pajero Sport permite que continue utilizando o compartimento de ferramentas na parte inferior.
Visão inferior dos dois cilindros de 7,5m³ instalados por baixo da Renault Scenic.

A chave comutadora do Sequent ficou intalada no painel do Mazda MPV.
A válvula de abastecimento externa instalada junto ao bocal da Mazda MPV. Mais conforto para você.

A válvula de abastecimento externa instalada junto ao bocal da gasolina torna sua vida mais confortável e preserva o capô do carro daquele abre-fecha...
A instalação de dois cilindros de 7,5m³ por baixo da Scenic ficou muito boa, eles ficam bem escondidos (na foto eles foram realçados digitalmente).

A instalação dos cilindros por baixo da Meriva obriga a um trabalho de funilaria para a retirada da caixa do estepe. Aqui um detalhe da massa automotiva pré-pintura.
A instalação dos cilindros por baixo do Idea obriga a um trabalho de funilaria para a retirada da caixa do estepe. Aqui um detalhe da massa automotiva pré-pintura.

A instalação dos cilindros por baixo da Scenic obriga a um trabalho de funilaria para a retirada da caixa do estepe. Aqui um detalhe da massa automotiva pré-pintura.
O cilindro de 17m³ extra-leve instalado no porta-malas do Subaru Forester.

O cilindro de 25m³ instalado no Mazda MPV
O kit de quinta geração durante a instalação no motor V6 da Mazda MPV.

Um dos bicos de injeção posicionados no coletor do Subaru Forester. Neste kit não existe misturador, portanto o carro se mantém sem nenhuma perda de potência no combustível líquido.
O kit de quinta geração durante a instalação no Subaru Forester. O mais estável e eficiente equipamento de GNV.

O motor do Kia Sorento é um V6 de 3.5cc. O equipamento ideal é o kit de última geração.
A chave comutadora do Sequent fica embaixo do painel do Jetta.

No cofre do Jetta, o módulo Fly do Sequent é a única peça do kit que você enxerga. Uma instalação limpa, 200hp de potência conferidos no dinamômetro e autonomia de até 210km com o cilindro de 21m³.
O porta-malas do Jetta é tão grande que o cilindro de 21m³ fica escondidinho lá no fundão, sobrando muito espaço.

A Kangoo com dois cilindros de 9,5m³ instalados dentro do porta-malas. Uma boa autonomia com pouca perda de espaço, dadas as dimensões deste porta-malas.
O redutor Zenith do Sequent em segundo plano. Suas dimensões reduzidas tornam a adaptação muito menos interventiva.

No Stilo Abarth 2.4, instalamos o Sequent 5 com dois cilindros de 9,5m³.
Pode este ângulo vemos como ficam os dois cilindros de 7,5m³ embaixo da Doblo Adventure.

Dois cilindros de 7,5m³ por baixo da Doblo Adventure, uma ótima escolha.
Dois cilindros de 7,5m³ por baixo da Doblo Adventure, uma ótima escolha.

No Fiesta, os cilindros podem ser montados deitados ou sobrepostos.
Três cilindros de 9,5m³ também são uma opção interessante na Blazer. São praticamente 30m³ de capacidade total e uma média de 290km rodados na estrada com apenas R$30,00.

Escondido no motor está o redutor Zenith do Sequent nesta Mercedez c230.
O módulo Fly do Sequent ficou embaixo do painel do C230.

O cilindro de 14,5m³ no Kadet.
A válvula de abastecimento externa pode ser instalada no Kadett. Adeus abre-e-fecha do capô para a abastecer.

O cilindro de 25m³ na Blazer é uma ótima opção e proporciona cerca de 230km de autonomia para o motor V6 na estrada. Além disto, pode ficar rente ao chão do porta-malas, entre as caixas de rodas, diferente do tradicional de 24,5m³ que é muito comprido.
A melhor escolha para a Blazer: o cilindro de 25m³ extra-leve da Cilbrás.

A chave comutadora ficou no painel da Silverado automática.
Em primeiro plano o motor de passo da Tury no kit majorado desta Silverado.

Dois cilindros de 15m³ nesta enorme Silverado de passageiros. O porta-malas é enorme.
Uma grande vantagem do sistema de injeção direta é que dispensa o uso de mesclador, o que significa mais potência por não estrangular a entrada do coletor.

Escondidinho, está o redutor do Sequent que foi instalado nesta Blazer 4.3 V6 automática blindada.
O cilindro de 17m³ deixou um bom espaço do grande porta malas do Toyota Camry

A chave comutadora do Sequent instalada no painel do Camry.
O Sequent instalado no motor V6 do Toyota Camry.

O porta malas do C230 com o cilindro de 17m³.
O Sequent Plug-Drive instalado no motor do Fit 1.5 com câmbio automático.

O kit de última geração Sequent Plug-Drive instalado no Fit 1.5 com transmissão automática CVT. Excelente performance.
A chave comutadora do Sequent, cuidadosamente embutida no painel do FIT 1.5.

A válvula de abastecimento externo no Fit 1.5 com transmissão automática. comodidade e estética.
Dois cilindros de 7,5m³ sobrepostos no porta-malas do Fit. A melhor combinação com perda de espaço mínima.

Um detalhe importante, a colocação dos cilindros não prejudicou o suporte do estepe, podendo ser recolocado na posição original.
Um detalhe importante, a colocação dos cilindros não prejudicou o suporte do estepe, podendo ser recolocado na posição original.

Três cilindros de 7,5m³ (e não de 7) cuidadosamente montados sob o chassi da Montana. São 22m³ preservando o espeço da caçamba.
O GM Zafira Flex equipado com o kit de última geração Sequent apresenta uma importante vantagem: Perda de potência quase zero.

Aqui vemos o estepe instalado com o suporte, numa configuração de cilindros por baixo. O valor do suporte é R$50,00.
O cilindro comprido de 25m³ na perua Kombi. É possível também adaptar um banco que cabe exatamente sobre ele.

A Grand Cherokee 2005 recebeu um kit de 5ª geração, o Sequent para motores 8 cilindros. Devido a complicações logísticas, o kit injetado é de longe a melhor opção para este carro.
O porta malas do 806 é bem grande, tem dimensões semelhantes ao C8. (foto ilustrativa)

Esta é uma possibilidade que poupa os banquinhos de trás. São dois cilindros de 7,5m³ sobrepostos.
Aqui, o cilindro de 15,5m³ no porta-malas do Siena.

Outro ângulo da instalação de dois cilindros de 7,5m³ no Renaul Clio
Dois cilindros de 7,5m³ no Palio são a melhor opção. Muita autonomia sem atrapalhar a retirada do estepe.

Aqui os dois cilindros de 7,5m³ deitadinhos no fundo do porta-malas do Uno.
Veja aqui a foto do porta-malas do Uno com dois cilindros de 7,5m³ deitadinhos um ao lado do outro.

O equipamento aspirado Just G3 Flex é uma boa opção para o Idea Flex. Já o equipamento injetado Sequent, é uma excelente opção.
Dois cilindros de 7,5m³ no porta-malas do Idea. Ocupa pouco espaço e não obriga a mexer com funilaria nem escapamento

O Sandero, assim como os outros Renault possui uma mecânica mais crítica. Não recomendamos kit aspirado para este carro. A solução é o espetacular kit de 5ª geração. Totalmente estável e sem perda de potência, além de mais econômico.
Na caçamba da Saveiro, cabe até o cilindrão de 24,5m³.

O redutor do Sequent é pequenininho, fica discretamente instalado perto do estepe do Uno.
O Sequent instalado no Uno. Um carro 1.0 com um kit sequencial de injeção direta de última geração.

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Uno. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.
Uno

O cilindro extra leve de apenas 33kg com 9,5m³ de capacidade da Cilbrás, dentro da caçamba da Fiat Strada. São quase 150km de autonomia.
Na Fiat Strada, o cilindro de 25m³ não ocupa muito espaço na caçamba. Confira a qualidade da GásPoint nos mínimos detalhes.

No Siena, dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.
O redutor de pressão do kit Just G3 no motor 1.8

É possível a instalação de um cilindro de 10m³ por baixo no Idea. Será necessário substituir o escapamento.
O redutor de pressão do kit Just G3 no motor 1.8

É possível a instalação de um cilindro de 10m³ por baixo no Idea. Será necessário substituir o escapamento.
A linda ponte injetora do Sequent no motor do Fiesta Supercharger. O carro ficou perfeito.

Dois cilindros de 7,5m³ no Fiesta são uma ótima opção. Muita autonomia sem atrapalhar a retirada do estepe.
A chave comutadora cuidadosamente instalada no painel do Fiesta

A válvula de abastecimento externo no Fiesta. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.
Dois cilindros de 7,5m³ ficam encostados na parte de trás do banco traseiro, no fundo do porta-malas. São cilindros especiais, extra leves e pesam apenas 29km cada contra 41kg dos convencionais.

O Sequent Plug-Drive é o sistema de 5ª geração mais adequado ao Fiesta Flex 2007.
O Fiesta Sedan com um cilindro de 18m³

O Fiesta Sedan com 2 cilindros de 7,5m³ no fundo do porta-malas.
O Ford Fiesta com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³ e proporcionando mais de 230km de autonomia ao custo de apenas 15 reais.

Cilindro de 18,75m³, autonomia ACIMA dos 300 Km
A linda ponte injetora do Sequent no motor do Fiesta Supercharger. O carro ficou perfeito.

Dois cilindros de 7,5m³ no Fiesta são uma ótima opção. Muita autonomia sem atrapalhar a retirada do estepe.
A chave comutadora cuidadosamente instalada no painel do Fiesta

A válvula de abastecimento externo no Fiesta. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.
Dois cilindros de 7,5m³ ficam encostados na parte de trás do banco traseiro, no fundo do porta-malas. São cilindros especiais, extra leves e pesam apenas 29km cada contra 41kg dos convencionais.

O Sequent Plug-Drive é o sistema de 5ª geração mais adequado ao Fiesta Flex 2007.
O Fiesta Sedan com um cilindro de 18m³

O Fiesta Sedan com 2 cilindros de 7,5m³ no fundo do porta-malas.
O Ford Fiesta com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³ e proporcionando mais de 230km de autonomia ao custo de apenas 15 reais.

Cilindro de 18,75m³, autonomia ACIMA dos 300 Km
Aqui um cilindro de 7,5m³ no porta-malas do Ka. Como o estepe sai por baixo, os cilindros vão sempre deitados. É possível colocar mais um de 7,5m³ totalizando 15m³. O Ka é muito econômico e deve fazer mais de 200km facilmente com apenas 15 reais.

Eis como ficam os cilindros posicionados embaixo da Ecosport. São dois de 7,5m³ totalizando 60kg incluindo o suporte. Esta instalação somente se aplica aos modelos 4x2.
Embora não possa receber cilindros por baixo, devido ao espaço ocupado pelo conjunto diferencial/suspensão, a Ecosport 4x4 acomoda tranquilamente os cilindros deitados no porta-malas.

O Sequent instalado no Ecosport 1.6. O kit de injeção direta funciona perfeito neste carro e praticamente não há perda de potência. O Sequent é o mesmo kit que equipa as Ford Ranger novas, com garantia de fábrica, ou seja, um equipamento perfeito.
Ford Ecosport com duplo Cilindro total 15m³ (fixados sob o veículo, requer troca do escapamento) O valor apresentado, já inclui a troca.

O segredo? O kit de Injeção Direta Sequencial Multipoint de 5ª Geração
Eis como ficam os cilindros posicionados embaixo da Ecosport. São dois de 7,5m³ totalizando 60kg incluindo o suporte. Esta instalação somente se aplica aos modelos 4x2.

Embora não possa receber cilindros por baixo, devido ao espaço ocupado pelo conjunto diferencial/suspensão, a Ecosport 4x4 acomoda tranquilamente os cilindros deitados no porta-malas.
O Sequent instalado no Ecosport 1.6. O kit de injeção direta funciona perfeito neste carro e praticamente não há perda de potência. O Sequent é o mesmo kit que equipa as Ford Ranger novas, com garantia de fábrica, ou seja, um equipamento perfeito.

Ford Ecosport com duplo Cilindro total 15m³ (fixados sob o veículo, requer troca do escapamento) O valor apresentado, já inclui a troca.
O segredo? O kit de Injeção Direta Sequencial Multipoint de 5ª Geração

Dois cilindros de 7,5m³ instalados por baixo da Zafira, no lugar do estepe. Veja o novo silencioso, perfeitamente adaptado. A troca do silencioso está inclusa no valor do kit.
Instalar dois cilindros de 7,5m³ atrás dos banquinhos da Zafira é uma opção a retirar o estepe.

O motor GM 2.0 16 válvulas funciona direitinho com um kit de 3ª geração. Esta é a Zafira
Novo silencioso tras. perfeitamente adaptado

Cilindros de 7,5m³ com 29Kg (super leves)
Conectores especiais, automotivos, são usados no lugar de solda e fita isolante. A qualidade GásPoint revela-se em cada detalhe.

O cilindro de 26,5m³ na S10 nova.
O cilindro curto de 390mm de diâmetro tem uma capacidade média de 26,5m³. Fica perfeito em cabine dupla.

Além de dois cilindros de 15m³, é possível a instalação de um conjunto de 2 x 9,5m³ ou até mesmo 3 x 7,5m³
Na S10, é possível colocar dois cilindros de 15m³ por baixo do chassis. É uma operação bastante complexa que leva três dias para ser feita. O suporte do estepe tem de ser removido e o estepe vai para a caçamba

Chave BRC permite embutimento no painel
Veja a Meriva com dois cilindros de 7,5m³ dentro do porta-malas, que é bem grande. Também é possível a instalação sob o chassis, o que neste caso, obriga uma modificação que pode ser feita por um funileiro.

Cilindro de 18,75m³ - extra leve
Montana 1.8 motor flex power

O motor GM 1.4 ficou perfeito com o kit Just G3 da BRC White Martins
O redutor do Just G3 na Palio Weekend

Vamos quebrar o paradigma da perda de espaço: Dois cilindros de 7,5m³ no porta malas da Palio Weekend deixam lugar para muita coisa.
A Palio weekend com o cilindro extra leve da Cilbrás de 21m³

Dois cilindros de 7,5m³ no Palio são uma ótima opção. Muita autonomia sem atrapalhar a retirada do estepe.
O kit Just G3 dentro do motor do Fiat Palio

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Palio. Ocupa pouco espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.
A chave comutadora fica debaixo do painel do Palio

O Corsa 1.0 fica muito bom no gás porque a logística do motor permite um misturador de alta eficiência. A perda de potência muito pequena. Na foto, o Just G3, que é o mais avançado equipamento de 3ª geração.
Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.

Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.
O módulo Fly Motorola de 32 bits no motor do Celta. Com o lado direito do mouse, clique em visualizar a imagem e você vai ver ela em tamanho grande

O motor 1.0 do Celta equipado com o incrível Sequent Plug-Drive da BRC, o kit de 5ª geração. A diferença entre rodar no gás ou na gasolina é imperceptível.
O Just G3 fica perfeito no Celta

Apenas um cilindro de 7,5m³ já proporciona uma autonomia de 120km. Cilindros maiores que 10m³ obrigam a retirada do estepe pelo lado de dentro do veículo.
O cilindro de 14,5m³ no Fiorino

A espetacular bifurcação das duas pontes injetoras do Sequent no A4. O melhor kit GNV do mundo mantém todas as características originais de potência o dirigibilidade do carro. O cliente optou por retirar a cobertura plástica original do motor.
O cilindro de 21m³ adaptou-se perfeitamente ao porta malas e ainda sobra muito espaço para os objetos da família.

Este V6 da foto é o Audi A4. O motor apresenta um funcionamento mais otimizado do que quando anda a gasolina. A resposta a aceleração ficou perfeita e a perda de potência é irrisória.
O Corsa 1.0 fica muito bom no gás porque a logística do motor permite um misturador de alta eficiência. A perda de potência muito pequena. Na foto, o Just G3, que é o mais avançado equipamento de 3ª geração.

Dois cilindros de 7,5m³ é uma opção aceitável no Focus Hatch.
Aqui um cilindro de 7,5m³ no porta-malas do Ka. Como o estepe sai por baixo, os cilindros vão sempre deitados. É possível colocar mais um de 7,5m³ totalizando 15m³. O Ka é muito econômico e deve fazer mais de 200km facilmente com apenas 15 reais.

A válvula de abastecimento externo (não incluso no kit) no Toyota Corolla. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.
A válvula de abastecimento externo (não inclusa) próxima ao bocal do tanque do Polo ficou perfeita.

Mais um Sequent instalado no Corolla VVTI. Este carro fica show com o melhor equipamento.
O porta malas do Passat Turbo com o cilindro de 21m³.

a válvula de abastecimento externo no bocal do tanque do Passat.
O motor Turbo equipado com o Sequent, perda de potência imperceptível

A instalação de cilindros na parte inferior da S10 obriga a remoção do suporte do estepe e consequente reposicionamento do mesmo dentro da caçamba. A mão de obra e o tempo de execução de tal operação são bem maiores.
Para a Ranger Cabine Dupla, uma boa opção são dois cilindros de 14,5m³ ou dois de 18m³. Na foto, temos dois de 18m³, possibilitando autonomia de quase 400km

Para a Ranger Cabine Dupla, uma boa opção são dois cilindros de 14,5m³ ou dois de 18m³. Na foto, temos dois de 18m³, possibilitando autonomia de quase 400km
No Civic, o Sequent cuidadosamente instalado. Este equipamento é o mais avançado sistema de GNV que existe no mundo.

O processo de regulagem do Sequent Plug-Drive no Corolla VVTI 1.8 SEG.
Dois cilindros de 7,5m³ no Uno, ficam deitados, um ao lado do outro. A perda de espaço é mínima, representa apenas 24cm mais rasos no porta-malas.

O
O motor do Honda Civic com o sistema de injeção eletrônica multiponto Sequent

O
O sequent instalado no Toyota Corolla VVTI.

O cilindro de 15 m³ no porta-malas do Corola, já com o carpete dobrado.
A chave comutadora do Sequent, instalada no painel do Toyota Corolla.

Mais uma válvula de abastecimento externo da Dobló. Trata-se de um equipamento opcional.
O motor 5 cilindros do novo Jetta merece um equipamento à altura. O sistema de 5ª geração da BRC, Sequent mantém as características originais de seu carro.

A válvula de abastecimento externo no Jetta. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.
O Prisma 1.4 Econoflex recebeu o equipamento de 3ª geração Just G3, equipado com um simulador de sonda inteligente.

O cilindro de 17m³ no porta-malas do prisma; só ocupa o fundo, reservando ainda bastante espaço para bagagens.
O Dobló com o cilindro de 15m³ dentro do porta-malas. Sobra muuuuuito espaço.

Injeção direta multiponto, é o segredo do motor super econômico.
Dois cilindros, um de 25 e outro de 22 m³ garantem uma ótima autonomia e ainda há bastante espaço na caçamba da F150

A Ford F150 Lariart com seu motor V8 ficou um espetáculo com o kit de quinta geração Sequent.
Existe solução para a falta de espaço no porta-malas.

Veja como fica o espaço que sobra no porta-malas da Range Rover. É um cilindro de 26,5m³
O cilindrão de 26,5m³ no porta-malas da Range Rover. Ainda sobra bastante espaço no porta-malas.

Na Range Rover V8, o sistema de injeção direta multipoint da BRC, Sequent .
Aí está o redutor BRC do kit Just G3 no motor do Fox.

Eis como ficam os cilindros posicionados embaixo da Ecosport. São dois de 7,5m³ totalizando 60kg incluindo o suporte. Esta instalação somente se aplica aos modelos 4x2.
Embora não possa receber cilindros por baixo, devido ao espaço ocupado pelo conjunto diferencial/suspensão, a Ecosport 4x4 acomoda tranquilamente os cilindros deitados no porta-malas.

o cilindro de 15,5m³ no porta-malas do Focus Sedan. Ficou muito bom!

A chave comutadora ficou instalada sob o painel do Focus.
Uma solução bem interessante foi utilizarmos um cilindro de 26,5m³ e um de 9,5m³. É um total de 36m³. Repare que o cilindro de 26 está atrás, escondidinho.

O Omega 4 cilindros, 2.2 com o Sequent. O mesmo carro, no gás ou na gasolina
O Sequent instalado no Ecosport 1.6. O kit de injeção direta funciona perfeito neste carro e praticamente não há perda de potência. O Sequent é o mesmo kit que equipa as Ford Ranger novas, com garantia de fábrica, ou seja, um equipamento perfeito.

Eis como ficam os cilindros posicionados embaixo da Ecosport. São dois de 7,5m³ totalizando 60kg incluindo o suporte. Vemos também o novo silencioso, corretamente posicionado.
A linda ponte injetora do Sequent no motor do Fiesta Supercharger. O carro ficou perfeito.

O cilindro de 26,5m³, oficial da Ford Ranger GNV com garantia de fábrica propociona uma ótima autonomia, de cerca de 270km. Os cilindros compridos como o de 24,5m³ não cabem na cabine dupla.
Ficamos impressionados com o desempenho a GNV do novo motor 2.3 16V da Ranger, equipado com o sistema de última geração Sequent, com garantia de fábrica.

A versão perua do Passat, perde pouquíssimo espaço no porta-malas
O Sequent instalado no Ecosport 1.6. O kit de injeção direta funciona perfeito neste carro e praticamente não há perda de potência. O Sequent é o mesmo kit que equipa as Ford Ranger novas, com garantia de fábrica, ou seja, um equipamento perfeito.

A opção de dois cilindros de 7,5m³ fixados sob o veículo, é uma ótima idéia, pois o estepe já está do lado de fora. A adaptação requer troca do escapamento, que fica em R$300,00 a serem acrescidos ao valor total da conversão.
Na caçamba da Saveiro, cabe até o cilindrão de 24,5m³.

Pode parecer incrível, mas o cilindrão de 26,5m³ cabe no porta-malas do Marea Weekend e ainda sobra espaço. São 350km de autonomia com apenas R$28,00
Dois cilindros de 7,5m³ no Fiesta são uma ótima opção. Muita autonomia sem atrapalhar a retirada do estepe.

A chave comutadora cuidadosamente instalada no painel do Fiesta
A válvula de abastecimento externo no Fiesta. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.

Dois cilindros de 7,5m³ ficam encostados na parte de trás do banco traseiro, no fundo do porta-malas. São cilindros especiais, extra leves e pesam apenas 29km cada contra 41kg dos convencionais. Não há problemas para a retirada do estepe.
A chave comutadora cuidadosamente instalada no painel do Fiesta

A válvula de abastecimento externo no Fiesta. Mais conforto e menos abre e fecha tampa do motor.
A linda ponte injetora do Sequent no motor do Fiesta Supercharger. O carro ficou perfeito.

Dois cilindros de 7,5m³ ficam encostados na parte de trás do banco traseiro, no fundo do porta-malas. São cilindros especiais, extra leves e pesam apenas 29km cada contra 41kg dos convencionais.
O Sequent é o sistema de 5ª geração mais adequado ao Fiesta Flex 2007.

A espetacular bifurcação das duas pontes injetoras do Sequent no A4. O melhor kit GNV do mundo mantém todas as características originais de potência o dirigibilidade do carro. O cliente optou por retirar a cobertura plástica original do motor.
O redutor de pressão do Sequent BRC tem proporções reduzidíssimas, é o máximo da tecnologia ao serviço do GNV.

A chave comutadora do Sequent ficou instalada no painel do Ômega. Estética e funcionalidade.
Veja a Meriva com dois cilindros de 7,5m³ dentro do porta-malas, que é bem grande. Também é possível a instalação sob o chassis, o que neste caso, obriga uma modificação que pode ser feita por um funileiro.

No bocal do tanque de combustível, a válvula de abastecimento externo da Jeep Cherokee. Mais comodidade e refinamento.
As duas espetaculares pontes injetoras do Sequent da BRC. O mais avançado sistema de injeção eletrônica multiponto para GNV no mundo, na Cherokee.

O sistema de injeção direta multiponto instalado na Parati Turbo. É um equipamento de 5ª geração e produz o melhor resultado possível para este motor.
Conectores especiais, automotivos, são usados no lugar de solda e fita isolante. A qualidade GásPoint revela-se em cada detalhe.

O cilindro de 26,5m³ na S10 nova.
A Ranger GNV é um carro com garantia de fábrica, convertido pela Gáspoint

O sistema de injeção direta multiponto instalado na Scenic. É um equipamento de 5ª geração e produz o melhor resultado possível para este motor.
O cilindro de 9,5m³ quietinho lá no fundo do enorme porta-malas do Sportage

No porta-malas do Escort Hobby, instalamos um cilindro de 15,5m³. Ocupa pouco espaço e produz uma autonomia de cerca de 200km.
O motor 1.0 16V do Clio. O sistema de 5ª geração é a solução ideal.

No porta-malas do Clio Sedan, o cilindro de 17 m³ fica muito bem posicionado, propocionando uma ótima autonomia sem perder muito espaço.
O Clio, assim como os outros Renault possuem uma mecânica mais crítica e o sistema tradicional de gás dificilmente produz bons resultados. A solução é o espetacular kit de 5ª geração. Totalmente estável e sem perda de potência, além de mais econômico.

O Sistema de injeção direta de GNV Sequent" instalado no Renault Clio. Perda de potência beirando o zero. Funcionamento tão perfeito quanto na gasolina.
O porta-malas do Stilo ficou perfeitamente utilizável com dois cilindros de 7,5m³.

O C5 ficou perfeito com o sistema de injeção direta multiponto. A última palavra em tecnologia GNV no mundo.
Ford Ecosport com duplo Cilindro total 15m³ (fixados sob o veículo, requer troca do escapamento) O valor apresentado, já inclui a troca.

O módulo Fly Motorola de 32 bits no motor do Celta. Com o lado direito do mouse, clique em visualizar a imagem e você vai ver ela em tamanho grande
O motor 1.0 do Celta equipado com o incrível Sequent da BRC, o kit de 5ª geração. A diferença entre rodar no gás ou na gasolina é imperceptível.

O motor GM 1.4 ficou perfeito com o kit Just G3 da BRC White Martins
No Lada Niva, instalamos um cilindro de 14,5m³ embaixo. Ficou muito bom. O novo silencioso ficou com a saída na lateral direita.

Instalamos dois cilindros extra-leves de 7,5m³ no porta malas da Parati. A perda de espaço é muito pequena.
A Parati Turbo equipada com o Sequent .

Esta é a picasso número nove, convertida com o Sequent da BRC.
O motor VVTI do Toyota Corolla equipado com o Sequent. O kit de 5ª geração é uma opção segura para o motor VVTI que pode apresentar tendência a variações na proporção de mistura devido a forma do coletor com kits de 3ª geração.

Mais uma Picasso convertida com o kit Sequent da BRC. Nos parece que o pessoal está bastante contente com o resultado deste kit neste carro...
Nos perguntaram se já estamos cansados de instalar Sequent na Picasso. A resposta: NÃO! Impressionante, a Picasso é nosso recorde de instalações de kits de 5ª geração. Será que os proprietários estão satisfeitos?

Válvula de abastecimento externo na Explorer. Comodidade e economia
Dois cilindros de 18 m³, extra leves na Explorer V8.

Esta Explorer Limited V8 recebeu o Sequent 8. Ficou um espetáculo.
O Just G3 fica perfeito no Celta

O Corsa 1.0 fica perfeito no gás, com uma perda de potência muito pequena. Na foto, o Just G3, que é o mais avançado equipamento de 3ª geração.
As notícias se espalham. Mais e mais proprietários de Citroen Picasso, optam pela instalação do espetacular Sequent .

O Fiesta Sedan com um cilindro de 18m³
O Ford Fiesta com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³ e proporcionando mais de 230km de autonomia ao custo de apenas 15 reais.

O Fiesta Sedan com 2 cilindros de 7,5m³ no fundo do porta-malas.
Dois cilindros de 7,5m³ ficam encostados na parte de trás do banco traseiro, no fundo do porta-malas. São cilindros especiais, extra leves e pesam apenas 29km cada contra 41kg dos convencionais.

Já que colocando os cilindros embaixo o estepe fica sem ter onde colocar, podemos fazer um suporte que o fixa na lateral, mantendo-o em pé. Jura que você gostou disto?
2 cilindros embaixo da Blazer. Na verdade não são dois cilindros de 14,5m³, mas um de 12,5 e um de 14,5. Esta configuração obriga a modificar toda a suspensão traseira para que os cilindros caibam. Precisamos de no mínimo 5 dias para fazer o serviço.

O cilindro de 21m³ no porta-malas da Blazer. É um cilindro curtinho e cabe entre as caixas de rodas. Além disto é um extra leve que pesa apenas 72kg e dá uma autonomia de cerca de 200km na estrada.
A chave comutadora cuidadosamente instalada no painel da TR-4 automática.

TR4 - na parte superior, o módulo Fly de 32 bits do Sequent , logo abaixo a válvula de abastecimento. A instalação é cuidadosa, os itens do Sequent se misturam aos equipamentos originais do veículo.
No Mitusbishi TR4, o Sequent da BRC cuidadosamente instalado. A GásPoint é a empresa mais experiente do Brasil na instalação de sistemas sequenciais de injeção direta de GNV.

Dois cilindros de 7,5m³ na Mitsubishi TR4. Uma ótima opção sem sacrificar o porta-malas.
O cilindro de 9,5m³ fica ótimo no porta malas do Palio

Dois cilindros de 7,5m³ no porta malas da Palio Weekend
O cilindro de 14,5m³ no Fiorino

No V6 da Ranger, as pontes injetoras do Sequent ficam uma de cada lado do motor. Além das vantagens do kit, fica até bonito no motor.
A ponte injetora do Sequent na Ranger V6

Na Ranger cabine dupla, outra ótima opção é o cilindrão extra leve de 26,5m³. São cerca de 270km de autonomia.
O redutor do Just G3 na Palio Weekend

Vamos quebrar o paradigma da perda de espaço: Dois cilindros de 7,5m³ no porta malas da Palio Weekend deixam lugar para muita coisa.
O porta malas do Corolla é grande e o acesso ao estepe não gera restrições a cilindros mais gordinhos; ainda sobra bastante espaço.

A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Golf ficou perfeita.
O VW Golf com dois cilindros de 7,5 no porta malas. Perda reduzida de espaço.

O kit Just G3 dentro do motor do Fiat Palio
O cilindro de 9,5m³ fica assim no Palio. Ocupa pouco espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.

A chave comutadora fica debaixo do painel do Palio
N Berlingo, 2 cilindros de 9,5m³ produzem uma autonomia de quase 300km com apenas 20 reais.

O Citroen Berlingo tem uma mecânica bastante delicada. Os sistemas tradicionais de 3ª geração não apresentam resultados confiáveis neste motor. A solução é o sistema de 5ª geração.
Na Berlingo, a ponte injetora do Sequent faz seu trabalho mantendo a potência original do carro.

O Vitara com o kit Just G3 da BRC. Funcionamento perfeito com o melhor sistema de 3ª geração.
O cilindro de 9,5m³ quietinho lá no fundo do enorme porta-malas do Vitara

Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.
Este carro não é uma Berlingo, é uma Dobló Adventure, mas os 3 cilindros de 7,5m³ que o cliente optou, ficam também perfeitas na Berlingo

A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Doblo ficou perfeita.
O Doblo Adventure com três cilindros de 7,5m³. Este cliente veio de Cuiabá para fazer a conversão na GásPoint.

A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Doblo Adventure ficou perfeita.
O Doblo Adventure com três cilindros de 7,5m³. Este cliente veio de Cuiabá para fazer a conversão na GásPoint.

A válvula de abastecimento externa ficou muito boa na Ranger
Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.

O redutor do Sequent é pequenininho, fica discretamente instalado perto do estepe do Uno.
O Sequent instalado no Uno. Um carro 1.0 com um kit sequencial de injeção direta de última geração.

O sensor de depressão do coletor do Sequent no motor 16 válvulas do Scenic. O sistema sequencial vai além da perfeição.
Ainda sobrou espaço para o subwofer no porta malas do Kadett com um cilindro de 14,5m³. O estepe sai normalmente e com apenas 14 reais dá para andar mais de 200km

Na Kangoo, este cilindro ocupa poquíssimo espaço. São apenas 32cm de diâmetro por 85cm de comprimento e uma autonomia de quase 200km com apenas 14 reais.
O cilindro de 14,5m³ deixou um tremendo espaço dentro da Kangoo do pessoal da Porto Seguro.

Ao fundo o redutor de pressão do Sequent na Kangoo 16V
Aqui o processo de instalação dos bicos injetores do Sequent no Renault Kangoo 16 válvulas.

A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Marea Weekend ficou perfeita.
O Celta movido a GNV

Um Astra Sedan com 2 cilindros de 7,5m³..
O cilindro de 15m³ no Tipo. Uma ótima mecânica. Este cliente preferiu o Just G3 da BRC pois apesar de monoponto, o Tipo 95 possui sonda lamdba o que possibilita o uso de um sistema moderno.

No Siena, dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 195km com apenas R$15,50.
Um cilindro de 15m³ não ocupa muito espaço no porta-malas do Apolo. São apenas 32cm de diâmetro e a economia vai ser tão grande que você vai querer colocar todas as malas no teto.

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Gol. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.
O cilindro de 9,5m³ fica assim no Gol. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.

Mais uma Picasso também revelando os bicos injetores do Sequent. Este carro é beberrão na gasolina, mas quem anda no gás, garante: o GNV é um gás hilariante.
Aqui outra Picasso, desta vez com o cilindro de 14,5m³. Não dá para ver o cilindro porque ele já está devidamente vestido para a night com a capinha que a GásPoint vestiu nele.

Ao lado da ponte injetora do Sequent vemos o minúsculo redutor de pressão na Dakoita V8
02 cilindros de 7,5m³ no porta malas do 206 ficam deitadinhos.

Motor 1.0 16v com coletor plástico. Recomendamos enfaticamente o uso do kit Sequent da BRC, pois os kits comuns de 3ª geração podem romper o coletor.
A ponte injetora do Sequent instalada no Peugeot 206 1.6 16V. O sistema sequencial de injeção direta apresentou um funcionamento perfeito neste carro e praticamente não há perda de potência.

O redutor de pressão no Gol 1.0 16V. É o Just G3 da BRC
O redutor do Sequent é pequenininho, fica discretamente instalado perto do estepe do Uno.

O Fiesta Sedan com um cilindro de 18m³
O porta malas da Picasso com dois cilindros de 7,5m³. Ainda cabem mais de 100kg de presunto gordo neste espaço.

O Sequent instalado no Uno. Um carro 1.0 com um kit sequencial de injeção direta de última geração.
Veja o cilindro de 9,5m³ no porta malas do Uno

O cilindro de 9,5m³ fica assim no Uno. Não ocupa tanto espaço, afinal são apenas 26cm de diâmetro.
O Fiat Stilo com um cilindro de 18m³ no porta malas

Esta é a posição em que fica um cilindro de 14,5m³ na discovery. Não ocupa tanto espaço assim como dizem. O cilindro tem apenas 32cm de diâmetro. Mesmo o de 21m³ tem só 39cm.
Esta outra Picasso ficou especialmente perfeita com o A ponte injetora do Sequent da BRC.

No Polo equipado com o kit Sequencial da BRC Sequent, perda de potência imperceptível, cilindros empilhados, excelente aproveitamento
O cilindro de 14,5m³ no porta malas do Logus

O Fiesta Sedan com 2 cilindros de 7,5m³ no fundo do porta-malas.
O porta malas da Elba com o cilindro de 9,5m³, ocupa pouquíssimo espaço.

Outro Astra com 2 cilindros de 7,5m³.
Outro Astra com 2 cilindros de 7,5m³.

O cilindro extra leve de apenas 33kg com 9,5m³ de capacidade da Cilbrás, dentro da caçamba da Fiat Strada. São quase 150km de autonomia.
Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 220km com apenas R$15,50.

O Gol bolinha com um cilindro de 16m³. Neste caso a remoção do estepe só pode ser feita pelo lado de dentro, rebatendo-se os bancos.
O porta malas do Gol não foi sacrificado com dois cilindros de 7,5m³ e ainda anda 260km com 15 reais.

O Astra hatch com um cilindro de 16m³. O motor do Astra responde otimamente ao uso do GNV
Motor 2.0 16V do Astra com redutor BRC

O Focus com o cilindro de 16m³ da Faber instalado no porta malas.
Para quem roda bastante, o kit Sequencial é uma ótima pedida. Perda de potência próxima de zero, mais economia e perfeito funcionamento em qualquer motor.

O módulo Fly Motorola de 32 bits do Sequent no canto superior esquerdo da foto na Dakota 5.2 automática. O carro ficou um espetáculo.
As pontes injetoras, uma de cada lado do motor da Dakota V8, são quatro injetores independentes, um para cada cilindro. Este é o Sequent , o kit de 5ª Geração Sequencial Multipoint.

A ponte injetora no Picasso, são quatro bicos independentes, um para cada cilindro. Este é o Sequent , o kit de 5ª Geração Sequencial Multipoint. A perda de potência só é detectável no dinamômetro.
A Palio weekend com o cilindro extra leve da Cilbrás de 21m³

Astra hatch com 2 cilindros de 7,5m³ - O espaço no porta malas foi otimizado, pois o cilindro possui apenas 24cm de diâmetro e o acesso ao estepe é abolutamente tranqüilo.
O Astra hatch com um cilindro de 16m³. O motor do Astra responde otimamente ao uso do GNV

Astra hatch com 2 cilindros de 7,5m³ - O espaço no porta malas foi otimizado, pois o cilindro possui apenas 24cm de diâmetro e o acesso ao estepe é abolutamente tranqüilo.
Na Grand Cherokee, 2 cilindros de 21m³ extra leves andando 350 km com R$46,00

Na Ranger, instalamos cuidadosamente a válvula de abastecimento junto ao bocal do tanque. Conforto e qualidade.
O cilindro curto de 390mm de diâmetro tem uma capacidade média de 26,5m³. Fica perfeito em cabine dupla.

Além de dois cilindros de 15m³, é possível a instalação de um conjunto de 2 x 9,5m³ ou até mesmo 3 x 7,5m³
Na S10, é possível colocar dois cilindros de 15m³ por baixo do chassis. É uma operação bastante complexa que leva três dias para ser feita. O suporte do estepe tem de ser removido e o estepe vai para a caçamba

O cilindro comprido de 25m³ na perua Kombi. É possível também adaptar um banco que cabe exatamente sobre ele.
O redutor de pressão do Sequent BRC tem proporções reduzidíssimas, é o máximo da tecnologia ao serviço do GNV.

A chave comutadora do Sequent ficou instalada no painel do Ômega. Estética e funcionalidade.
A ponte injetora do lado esquerdo do Ômega, são três injetores independentes, um para cada cilindro. Este é o Sequent , o kit de 5ª Geração Sequencial Multipoint.

O Omega V6 possui câmbio automático totalmente compatiível com a conversão para GNV
Um cilindro de 7,5m³ no porta malas do 206

O cilindro de 15m³ no porta malas do Bora ocupa pouco espaço.
O motor 2.0 do Bora com o redutor de pressão do kit Just G3 BRC.

O motor 2.0 do Golf com o redutor de pressão do kit Just G3 BRC.
A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Golf ficou perfeita.

O VW Golf com dois cilindros de 7,5 no porta malas. Perda reduzida de espaço.
Nesta foto vemos um dos bicos injetores do Sequent exatamente ao lado do bico original de injeção de gasolina.

Os testes de aceleração e a afinação do Marea 2.4 foram feitos em dinamômetro.
A incrível curva de potência do Sequent detectada no dinamômetro.

A afinação do Sequent é feita totalmente pelo computador. É possível configurar vários parâmetros como curva de avanço, tempo de injeção, dirigibilidade, estratégias flex e vários outros
A válvula de abastecimento externo próxima ao bocal do tanque do Marea Weekend ficou perfeita.

O Marea 2.4 possui coletor de fluxo variável. O sistema Sequent produz resultados perfeitos neste carro.
A ponte injetora do Sequet instalada no Marea 2.4. O motor produziu 132hp andando a gás natural contra os 141hp da gasolina. A diferença só se manifesta a partir de 5000rpm.

Dois cilindros de 7,5m³ perfeitamente montados sem problemas com o estepe. Autonomia de 220km com apenas R$15,50.
Cilindros maiores que 10m³ cabem no porta malas, porém não permitem a retirada do estepe pelo lado de fora do veículo pois o cilindro fica mais próximo à parte traseira. A retirada do estepe é feita pelo lado de dentro.

O Peugeot 307 com o cilindro de 15m³ no porta malas.
Foi desenhado um suporte específico, pois o cliente desejava os dois cilindros sobrepostos.

O Jeep 65 possuía ignição eletrônica, então instalamos um variador de avanço fônico que porporcionou uma perda de potência irrisória.
O segredo? O kit de Injeção Direta Sequencial Multipoint de 5ª Geração

O cilindro de 15m³ no porta malas da Scenic
A chave comutadora do Kit Just G3 ficou instalada no painel do Bora automático. Estética e funcionalidade.

No Polo, o redutor BRC do kit Just G3 cuidadosamente instalado.
No Bora, a válvula de abastecimento externa, cuidadosamente instalada

A Scenic com um cilindro extra-leve de 21m³. O porta malas é enorme, sobra espaço.
A Scenic com um cilindro extra-leve de 21m³. O porta malas é enorme, sobra espaço.

O tamanho do porta malas também é favorável para cilindros grandes.
Clio Hatch com dois cilindros de 7,5m³

O Clio Sedan com um cilindro de 15m³ no porta malas.
O motor 1.0 do Clio Sedan com o kit Just G3.

O Toyota Corolla com um cilindro de 21m³ Extra Leve da Cilbrás White Martins
O kit Just G3 da BRC apresenta excelente rendimento.

O redutor de pressão da BRC ficou no canto esquerdo do motor, sem atrapalhar nada.
O Fusca com o cilindro de 15m³ fixado no famoso Chiqueirinho, excelente distribuição de peso e economia

O porta malas do Gol não foi sacrificado com dois cilindros de 7,5m³ e ainda anda 260km com 15 reais.
O Ford Fiesta com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³ e proporcionando mais de 230km de autonomia ao custo de apenas 15 reais.

O cilindro de 21m³ no porta malas do Honda Fit. São absurdos 490km de autonomia.
O motor do Honda Fit. Perceba o atuador de fluxo de alta velocidade na parte superior, discretamente montado

O redutor BRC do kit Just G3 na BMW 325i
A BMW 325i com um cilindro de 15m³ ocupando apenas o fundo do porta malas

O Ford Escort com dois cilindros de 7,5 ocupando pouquíssimo espaço no porta malas
Veja como ficou o espaço no porta malas do Cross Fox com 2 cilindros de 7,5m³ totalizando 15m³. Este veículo foi equipado com o kit Just G3 que é o top de linha da BRC White Martins

Cross Fox com 2 cilindros de 7,5m³. Apesar do porta malas pequeno, sobrou espaço, pois o cilindro tem apenas 24 cm de diâmetro.
O Clio Sedan com um cilindro de 15m³

O Gol quadrado com um cilindro de 16m³
O Gol bolinha com um cilindro de 16m³

Grand Caravam com um cilindro de 25m³ da Faber.
O blower do Supercharger obriga a utilização de um kit de 5ª geração. Não há para onde correr, o kit aspirado de 3ª geração não irá funcionar neste veículo

Na parte de baixo da Blazer só é possível a instalação de um cilindro de 15m³ no máximo. A instalação de um segundo cilindro implica na remoção da barra estabilizadora trazeira, o que não recomendamos.
Dakota 5.2 V8 automática, excelente funcionamento a GNV, imagine este super motor tão econômico quanto um veiculo popular na gasolina

O cilindro de 21m³ adaptou-se perfeitamente ao porta malas e ainda sobra muito espaço para os objetos da família.
Este V6 da foto é o Audi A4. O motor apresenta um funcionamento mais otimizado do que quando anda a gasolina. A resposta a aceleração ficou perfeita e a perda de potência é irrisória.

Cilindros maiores que 10m³ não permitem a retirada do estepe pelo lado de fora do veículo pois o cilindro fica mais próximo à parte traseira. A retirada do estepe é feita pelo lado de dentro.
Apenas um cilindro de 7,5m³ já proporciona uma autonomia de 120km. Cilindros maiores que 10m³ obrigam a retirada do estepe pelo lado de dentro do veículo.

307, 2.0 16v 2006, excelente comportamento a Gás
Novo silencioso tras. perfeitamente adaptado

Valvula de abastecimento acoplada ao bocal do tanque
Comutadora Just G3, permite embutimento no painel

Motor 1.8 20V Turbo, Excelente performance e economia
Cilindro de 20,75 m³

Partner, perfeito à GNV
04 cilindros sob o chassis ( alta autonomia ; 50M³)

Gran Caravam GNV
Com o cilindro elevado o estepe sai sem problemas

Escort - Cilindro de 17,5m³
Cilindro de 17,5m³

Chrysler Neon movido a gnv
Complexo compartimento, mas sempre há lugar para um redutor GNV

Motor 2.8 V6 com excelente desempenho em GNV
Cilindro de 20,75m³

Cilindro de 18,75m³ - Extra-Leve
Cilindro de 18,75m³ - extra leve

Excelente torque em rotações baixas
Montana 1.8 motor flex power

Uno
Cilindro de 18,75m³

Chave BRC permite embutimento no painel
Cilindro de 20,75m³ extra-leve

Omega Australiano
Cilindro de 20,75m³ ocupa pouco espaço no porta-malas

Cilindro de 20,75m³

Cilindro de 18,75m³ sem afetar a personalização do som
Excelente autonomia com cilindro de 20,75m³

Motor 1.6 8V
02 cilindros de 7,5 sobra espaço no porta-malas

Suporte para o estepe dentro do veículo
Cilindro 17,5m³ extra leve

Motor 2.0 16V com redutor BRC




 


Gás Point - FlashPoint Com. de Pneus, Autopeças e Serviços Ltda - direitos reservados - Fale conosco - Twitter